5 passos para uma detecção e resposta na nuvem mais eficaz

As empresas precisam estar preparadas para os mais diferentes incidentes e adotar uma solução de detecção e resposta na nuvem (CDR) para a aumentar a segurança na nuvem é o caminho natural para detectar e responder a ameaças modernas, principalmente quando as soluções de segurança tradicionais já não dão conta de lidar com erros humanos, vulnerabilidades e ataques cibernéticos.

As ferramentas de detecção e resposta na nuvem podem ser utilizadas por empresas de todos os portes e se baseiam em dois tipos de solução: uma solução baseada em agente e uma solução sem agente.

As soluções baseadas em agente, contam com um agente instalado na carga de trabalho e combinam informações de endpoints, tráfego, logs de auditoria e dados do provedor de nuvem para seu trabalho. Já as soluções de detecção e resposta a incidentes sem agente fazem uma varredura que coleta dados externamente e recuperam metadados de configuração de nuvem por meio de APIs.

Ambas contam com as mesmas etapas:

Detecção — Por meio de monitoramento contínuo e alertas quando ataques são detectados.

Investigação — Cada etapa de ataque, técnicas e análise de dados são revisados para determinar qual a resposta indicada para superar um determinado ataque.

Resposta — Os recursos são voltados para garantir que as ameaças sejam contidas antes que possam impactar na operação, realizando correções automáticas ou encaminhando para a equipe de segurança.

Resiliência — Contribui para oferecer soluções potenciais com base nas informações coletadas.

Como a detecção e resposta na nuvem ajuda a priorizar alertas

A priorização de alertas ajuda as equipes de segurança cibernética a resolver riscos mais críticos e eliminar falsos positivos. As soluções de detecção e resposta permitem que a equipe tenha visibilidade total sobre os ativos de nuvem e cargas de trabalho, garantindo que a gravidade dos alertas seja decidida de acordo com seu impacto nos negócios, a acessibilidade dos ativos e o potencial de movimentação lateral. O resultado é que a equipe de segurança sabe quais os ataques mais críticos e com maior poder de prejudicar os negócios.

Passos para usar uma solução de detecção e resposta a incidentes na nuvem

Para ter uma detecção e resposta a incidentes na nuvem mais eficiente, alguns passos precisam ser seguidos.

Realize uma cobertura completa de ativos

A cobertura completa de ativos é essencial para a detecção e resposta a incidentes na nuvem. Por isso, na hora de escolher uma solução, busque pela que ofereça recursos confiáveis de detecção e resposta sem agente, que possa cobrir automaticamente todos os ativos da nuvem e também monitore cargas de trabalho ociosas, pausadas e interrompidas, sistemas órfãos e dispositivos incapazes de oferecer suporte a agentes.

Por que uma solução sem agente? Simples, é muito difícil instalar um agente em cada ativo, por isso as soluções sem agente são mais adequadas para monitorar ativos.

Obtenha visibilidade profunda do ambiente

Entender tudo o que acontece no ambiente de nuvem é fundamental para conhecer seus riscos e ameaças. Para isso, é preciso analisar esses riscos de acordo com alguns níveis:

  • Infraestrutura de nuvem — é preciso visualizar quais ativos estão sendo executados, em quais redes, e quem tem acesso a eles.
  • Sistema operacional — a solução de detecção e resposta deve verificar a conformidade dos privilégios dos usuários, se todos os patches necessários foram instalados e as configurações do sistema operacional.
  • Aplicativo — é preciso garantir a visibilidade sobre todos os aplicativos instalados, suas configurações e monitorar possíveis vulnerabilidades e correções inseguras
  • Identidade — As empresas precisam garantir visibilidade sobre permissões e contas do sistema de gerenciamento de identidade e acesso para detectar anomalias e comportamentos suspeitos
  • API — a solução precisa fornecer visibilidade para detectar comportamento suspeito e entender como um invasor pode explorar vulnerabilidades e os riscos de segurança de API
  • Dados — Ter visibilidade sobre o inventário de dados é essencial para proteger informações confidenciais e críticas para os negócios e os servidores que armazenam essas informações.

Telemetria de nuvem

Uma solução de detecção e resposta a incidentes na nuvem deve ser capaz de coletar dados de diversas fontes e combinar essas informações para identificar ataques, incluindo logs de fluxo de rede e fontes de inteligência contra ameaças. Além disso, essas informações devem ser apresentadas de forma centralizada, que ingira, agregue, analise e apresente informações com contexto.

Inteligência contextual

Por meio de um modelo de dados centralizado, a plataforma de detecção e resposta coleta e correlaciona as informações contextuais dos ativos, como detalhes de configurações e cargas de trabalho, junto com riscos na comunicação interna e externa na nuvem. Esses dados são essenciais para garantir a identificação e correção rápida de problemas críticos, permitindo que a equipe de segurança concentre esforços com base na pontuação de gravidade.

Integrações de fluxo de trabalho

A solução de detecção e resposta deve ser integrada ao fluxo de trabalho da equipe de segurança cibernética. Dessa forma, as equipes de SOC e resposta a incidentes podem automatizar a detecção e resposta e melhorar a produtividade, assim como o tempo de correção. Além disso, a solução deve permitir a organização, modificação e incorporação de alertas automatizados.

Integre a solução de detecção e resposta a incidente na nuvem à estratégia de segurança

Com a migração em larga escala para a nuvem, o número de ataques a aplicativos e dados armazenados na nuvem cresce rapidamente. Isso torna a adoção de recursos de detecção e resposta essencial para uma estratégia de segurança robusta e eficiente. Para isso, a solução fornece informações claras sobre ameaças, gera alertas acionáveis e permite investigação e resposta mais ágeis.

A plataforma de segurança da Orca Security torna a detecção e priorização de riscos na nuvem pública mais rápida, substitui ferramentas de avaliação de vulnerabilidades legadas, detecta vulnerabilidades e riscos por contexto e oferece uma solução agentless, sem pacotes enviados para o ambiente e sem opcode.

Ganhe visibilidade na nuvem pública e detecte todos os riscos importantes no ambiente de nuvem, seja um software vulnerável, uma carga de trabalho infectada, um bucket S3 mal configurado, riscos de movimento lateral, PII protegidos incorretamente e outros problemas.  Garanta alertas inteligentes e a manutenção da conformidade com PCI, LGPD, GDPR e outros facilmente. Entre em contato com os especialistas da Evolutia e conheça a plataforma de segurança da Orca Security.

A transformação começa agora.

Política de Privacidade

Onde estamos

Rua Pais Leme, 215, sala 418, Pinheiros – São Paulo
CEP: 05424-150

© Evolutia – Todos os direitos reservados.

Desenvolvido pela Intelligenzia