5 melhores práticas de PCI DSS na nuvem

O padrão PCI DSS foi criado pelo setor de cartões de pagamento para garantir a segurança de transações e dados dos clientes, auditando a rede e aplicativos para identificar vulnerabilidades. Apesar de não ser obrigatória, adotar a conformidade com o PCI DSS se tornou uma prática de segurança globalmente aceita por empresas no mundo inteiro.

Entretanto, com o crescente uso da nuvem para armazenar e processar informações de cartões de pagamento, isso representa novos desafios para as empresas se manterem em conformidade, já que a segurança na nuvem exige uma abordagem diferente da implementada em ambientes locais.

Entendendo o padrão PCI DSS

O PCI DSS conta com um conjunto de diretrizes para as empresas lidarem com a segurança de informações pessoais, e abrange tópicos que vão da segurança de dados e avaliação de riscos até a proteção e integridade das informações.

Tem com objetivo proteger a privacidade dos dados dos clientes e garantir a adoção de medidas eficientes por parte das empresas para evitar ataques cibernéticos. Para conquistar a certificação, as organizações precisam atender a esses requisitos, desde o gerenciamento de senhas até a resposta a incidentes.

Como citado acima, o PCI DSS não é obrigatório, mas é recomendável para todas as organizações que lidem com pagamentos, já que o não cumprimento das normas pode levar a penalidades financeiras e até mesmo perda de privilégios comerciais, sem falar no impacto à reputação da organização.

O PCI DSS exige que as empresas protejam seus sistemas contra acesso não autorizado, divulgação, alteração ou destruição de dados pessoais e inclui pré-requisitos detalhados instruindo as empresas a como proteger informações de cartões de pagamento durante seu processamento, manuseio, armazenamento e transmissão.

Práticas recomendadas de conformidade com o PCI DSS

De acordo com a Orca Security, essas cinco práticas são extremamente importantes para empresas que desejam cumprir com os requisitos da certificação em seu ambiente de nuvem:

Escolha um provedor de nuvem compatível com PCI DSS

Se a empresa pensa migrar seus sistemas para a nuvem, o primeiro passo é buscar um Provedor de Serviços em Nuvem (CSP) compatível com PCI DSS. O provedor deve ser o responsável por fornecer uma infraestrutura que garanta a segurança das transações e dados dos cientes e que conte com controles de acesso seguros, segurança de rede, criptografia de dados e recursos de monitoramento de segurança.

Muitos provedores também fornecem relatórios de auditoria de terceiros, certificando que seus produtos atendem ao PCI DSS. Mas é preciso entender que as empresas são responsáveis pelos seus ativos de nuvem e aplicativos executados, que também devem ser compatíveis com o PCI DSS.

Implemente autenticação segura e controles de acesso

Implementar controles de acesso fortes é essencial para garantir que apenas usuários autorizados acessem os dados do titular do cartão na nuvem. Isso inclui mecanismos de autenticação robustos, preferencialmente a autenticação multifator (MFA), senhas fortes e políticas de troca de senha. Além disso, as empresas devem implementar controles de acesso baseados em função (RBAC) para limitar o acesso aos dados com base nas responsabilidades de trabalho do usuário. Isso garante que esses usuários acessem apenas as informações necessárias para que realizem seu trabalho. O controle também precisa ser revisado regularmente para se manter atualizado e alinhado aos requisitos dos negócios.

Monitore o ambiente de nuvem para identificar ameaças

Monitorar o ambiente de nuvem para identificar ameaça, como malware, tentativas de acesso não autorizado e hacking é uma prática fundamental para conquistar a certificação PCI DSS. Isso pode ser feito implementando ferramentas de gerenciamento de eventos e informações de segurança (SIEM) que monitoram e analisam o ambiente em tempo real. Além disso, as empresas devem implementar sistemas de detecção e prevenção de intrusão (IDPS) para detectar e impedir ataques na nuvem, como ataques de injeção de SQL, cross-site scripting (XSS) e ataques de negação de serviço (DDoS).

Focada em ataques na nuvem, a solução Cloud Detection & Response, da Orca Security, detecta incidentes de segurança por meio de ingestão e análise contínua de logs e provedores de nuvem e feeds de inteligência de ameaça. A solução, ao combinar essas informações com o contexto mais amplo do ambiente de nuvem, evita falsos positivos e entrega informações valiosas para facilitar que os profissionais de segurança possam agir rapidamente em caso de problemas.

Criptografe todos os dados confidenciais

Criptografar os dados dos titulares de cartão e implementar mecanismos de criptografia robustos, como o Advanced Encryption Standard (AES), com uma chave de 256 bits, é essencial para proteger informações. Com isso, as organizações garantem que todas as informações pessoais sejam criptografadas na nuvem, tanto em repouso como em trânsito. Isso inclui dados transmitidos entre o cliente e o provedor e dados armazenados no ambiente de nuvem. As organizações, também, devem garantir que as chaves criptográficas sejam gerenciadas com segurança e alternadas regularmente para evitar acesso não autorizado.

Realize auditorias e avaliações regulares

Manter a conformidade com o PCI DSS na nuvem exige, ainda, que auditorias e avaliações de risco sejam realizadas regularmente, incluindo verificações de vulnerabilidades. Dessa forma, é possível identificar qualquer vulnerabilidade nos sistemas que possam ser utilizadas por invasores e contribui para que a equipe de segurança possa agir proativamente para corrigi-las, garantindo que a infraestrutura de nuvem permanece segura e em conformidade com o PCI DSS.

Adote uma abordagem proativa para a conformidade PCI DSS

Conquistar a conformidade com o PCI DSS é uma tarefa complexa e demorada para a maioria das empresas, entretanto, ao adotar a plataforma de segurança, esse processo pode ser simplificado. A plataforma Orca Cloud Security agiliza o processo de conformidade com o PCI DSS ao mesmo tempo em que garante a conformidade multinuvem centralizada, melhora a visibilidade de ativos, identifica uma ampla variedade de riscos.

Apesar das diretrizes fornecidas pelo PCI DSS oferecerem uma orientação geral, essas diretrizes podem não ser suficientes para atender requisitos específicos de cada ambiente de nuvem. Para isso, a plataforma da Orca Security permite a personalização dos controles do PCI DSS para que as empresas possam aprimorar sua conformidade e lidar com maior eficiência aos riscos relacionados à nuvem. Para conhecer ainda mais sobre a plataforma Orca Security, entre em contato com os especialistas da Evolutia e saiba como conquistar a conformidade PCI DSS na nuvem.

A transformação começa agora.

Política de Privacidade

Onde estamos

Rua Pais Leme, 215, sala 418, Pinheiros – São Paulo
CEP: 05424-150

© Evolutia – Todos os direitos reservados.

Desenvolvido pela Intelligenzia